quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Resenha: Batom MAC Pure Heroine


OI Galera,

Já faz um tempo que a MAC anunciou uma colaboração com a Lorde e desde então venho aguardado ansiosamente por esta coleção, pois além de considera-la uma cantora super talentosa, admiro seu estilo meio obscuro e principalmente suas maquiagens.
A cantora quase sempre está usando batons escuros, principalmente roxos, ao ponto de se tornarem sua marca registrada, daí surgiu a ideia do lançamento do Pure Heroine


A coleção já foi lançada há alguns meses na gringa, porém desde segunda está disponível no e-commerce da MAC, aqui no Brasil. A coleção é composta do batom Pure Heroine e do delineador Penultimate EyeLiner. 

O batom da coleção leva o mesmo nome do álbum da cantora, Pure Heroine e é descrito pela marca como um ameixa profundo, seu acabamento é amplified. Pela amostra abaixo é possível notar que o batom possui uma textura extremamente cremosa e brilhante, porém com excelente pigmentação. 

Achei a cobertura opaca o suficiente, não é preciso passar várias vezes para que a cor transfira bem no lábios.  No entanto, devido ao acabamento, sinto um pouco de dificuldade em aplicá-lo, pois o batom desliza nos lábios com muita facilidade, ando tão acostumada com batons foscos, que as vezes me esqueço de como é usar um batom cremoso. Por isso, é preciso tomar cuidado com, pois é um pouco difícil manter o produto somente no limite do contorno labial. Acho que o ideal é aplicar primeiro um lápis de lábios em um tom parecido, desta forma o batom gruda com mais facilidade e não escorrega tanto.


Fora o detalhe da aplicação, a cor do batom é extremamente linda, acho que virou o meu batom roxo favorito! A duração também é excelente, mesmo ele tendo esse acabamento super cremoso a cor perdura por várias horas. Cheguei a comer e beber e ainda estava como bendito nos lábios, não senti nem a necessidade de reaplicar!



Ei, espere aí, pois este post ainda não acabou! Dei uma vasculhada em minha coleção pra ver se encontrava algum batom semelhante ao Pure Heroine, porém o resultado não foi muito animador:

Da esquerda para Direita: MAC Smoked Purple, Violetta, Heroine, Pure Heroine,  Plum Me Maybelline e Vamp Avon

           MAC Smoked Purple, Violetta, Heroine, Pure Heroine,  Plum Me Maybelline e Vamp Avon


Analisando os swatches, percebe-se que o Pure Heroine não se compara a nenhum dos outros batons, pois possuem tons ou mais vivos e abertos ou então bem mais escuros. Nem o heroine, que achei que seria um primo perfeito, é similar.
Eu diria que o batom da Lorde é uma misturinha, talvez, do Smoked Purple com o Heroine, porém com um acabamento diferente. 

Outra coisa que pude perceber com as amostras é que o Vamp, da Avon, e o Smoked Purple são muito parecidos, a diferença está no acabamento, o Vamp é bem mais cremoso. Também notei que Heroine e o Plum Me da Maybelline, são super similares. Para quem está na procura do Heroine e não encontra, o Plum me é uma ótima opção.


Enfim chegamos aos final! Se você gostou do batom corre para o site da MAC, pois o batom ainda está disponível e será vendido exclusivamente online. Também já fiz uma maquiagem inspirada na cantora Lorde e se você quiser conferir é só clicar aqui.

Bjs e até a próxima!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Look do Dia: The Craft

Não sei se você que está lendo este post se lembra, mas em 1996 estreou nos cinemas o filme "The Craft" ou no Brasil "Jovens Bruxas". Este filme conta a história de quatro adolescentes que estudam em um colégio suburbano em  Los Angeles, que se envolvem com bruxaria e magia, bem ao estilo Wicca. Enfim, eu era criança quando assisti pela primeira, mas adorava tanto que vi repetidas vezes com as minhas primas. Na época ele exerceu alguma influência sobre mim e me levou a querer conhecer mais sobre ocultismo, a religião e rituais da wicca.
Recentemente algo me lembrou este filme e quis assisti-lo novamente e então surgiu a ideia de montar o look inspirado nas personagens.








Short saia xadrez, blusa preta e sandália: Zara / Blusa cropped branca: Forevere 21/ Bolsa: Aliexpress / Meia: Asos

O filme dá bastante ênfase ao estilo colegial gótico das personagens e me inspirei muito nesta temática para compor o look. Apesar da Wicca não ser uma religião cristã, algumas meninas, principalmente a Nancy, utilizavam cordões com crucifixos, além de outros itens religiosos e acabei incorporando isto. Combinei o shortinho/saia xadrez que comprei recentemente na Zara com uma blusinha bem simples branca que ficou por debaixo do meu sueter cropped também da Zara. Em algumas fotos é possível ver a camisetinha branca, o que não era a minha intenção, mas no fim achei que deixou o look mais natural. No pés usei uma sandália estilo gladiadora e meia 7/8. O detalhe final ficou com a bolsa, que possui um crânio de um touro (acho que é um touro) em metal, comprei essa bolsa por um precinho ótimo no Aliexpress, link aqui.


Espero que vocês tenham gostado do Look. Bjs e até o próximo post!

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Soft Grunge/Heroin Chic Makeup Inspired



Gente, acho todo mundo que acompanha meu blog já está careca de saber e ver que o "grunge" é um tema recorrente aqui! Mas, fazer o quê? Estou passando por um momento de nostalgia. Por isso, criei essa maquiagem muito inspirada novamente nos anos 90, principalmente em Courtney Love, em sua filha Frances Cobain, na atriz Drew Berrymore adolescente e obviamente no estilo Soft Grunge, termo já citado em posts anteriores. 

Como não quero cometer nenhum anacronismo, levem em conta que essa make não é uma recriação fiel e sim uma reinvenção, a partir do meu imaginário, do que as adolescentes mais rebeldes usavam há 2 décadas, pois acho muito difícil que elas aplicassem tanta maquiagem quanto eu neste look e também porque os produtos de beleza que o mercado possui atualmente são bem diferentes além de melhores do que naquela época.

Enfim chegada de papo e vamos ao look:



Para fazer esta make, segui os passos abaixo:

- Apliquei a sombra cremosa como base e após esfumei a sombra marrom da MAC, cor de caramelo, chamada Uninterrupted, por toda a pálpebra até um pouco acima do côncavo;
- No canto externo da pálpebra e também um pouco no côncavo, esfumei uma sombra marrom bem escura
- Delineei a pálpebra com um lápis preto e esfumei bastante para não ficar marcado
- Apliquei o mesmo lápis preto na linha d'água, iluminei abaixo da sobrancelha com uma sombra bege e também no canto interno dos olhos
- Apliquei máscara e cílios postiços;
- Na parte inferior dos cílios repeti o mesmo esquema de aplicação de sombras da pálpebra.



Produtos utilizados:

Face:

Base HD Make Up Forever cor #120
Corretivo MAC Prolongwear NW20
Pó para assentar o corretivo Bareminerals Well Rrested
Pó MAC MSF Natural Light/plus
Blush MAC Warm Soul
Iluminador MAC MSF By Candlelight

Olhos:

Base para sombras MAC Paint Pot Soft Ocre
Sombra MAC Prolongwear Uninterrupted
Sombra MAC Blanc Type e Handwritten
Lápis para olhos Preto Avon
Mascara They're Real Benefit
Cílios postiços Ebay

Lábios:

Lápis para lábios MAC, cor Nightmoth
Batom Avon cor Vamp


Enfim, espero que vocês tenham gostado desta maquiagem e se tiverem afim de ver algum outro look por aqui deixem as sugestões nos comentários! Beijos!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Últimas Comprinhas de Beauté!




Oi pessoal,

Neste mês de julho fiz algumas comprinhas de maquiagem, além de um produtinho para o cabelo e achei que seria interessante compartilhar com vocês:



Eu nunca levo a sério meu cabelo, atualmente ele está extremamente comprido e não tenho paciência de dar a atenção devida. Por isso, investi em um produto que promete hidratação intensa em apenas 3 minutos! Esse é o 3 Minute Miracle Moist da Aussie, muita gente fala bem dessa linha e vamos ver se é isso tudo mesmo. Se funcionar depois posto aqui.


Esses batons são da coleção da Kelly e Sharon Osbourne lançada pela MAC recentemente. A coleção é enorme porém só comprei esses dois batons. O roxinho é o Dodge Girl e o Rosa é o Kelly Yum Yum. Essa coleção deve ser lançada em breve no Brasil.


Da NYX comprei esses dois produtos para os lábios, o Butter Gloss na cor Crème Brulee e o Soft Matte Lip Cream na cor Copenhagen. O Gloss tem um cheirinho maravilhoso de baunilha e a cor é um nude, fácil de combinar com qualquer maquiagem, a textura parece ser ótima! Já o soft matte lip cream, vai na mesma vibe do batom da Dailus Pro, a cor é um vinho bem escuro que me lembrou um pouco o batom Media da MAC. Vou testar mais vezes e depois posto resenha.


O Push-up Liner da Benefit nem precisa de apresentação né? Acho que é o produtinho de beauté mais falado na blogesfera ultimamente, comprei na pré-venda da Sephora e recebi no começo de julho. Tenho usado bastante, mas não tenho uma boa relação com ele. As vezes consigo fazer um delineado super rápido e lindo e em outras vezes quero atirá-lo pela janela!



Também comprei um par de cílios postiços da Revlon, a marca tem cílios maravilhosos e este modelo é um dos meus preferidos! Já a sombra em refil é da MAC, cor Uninterrupted e faz parte da linha Pro Longwear. É a minha primeira sombra desta linha e comprei porque vejo sempre a maquiadora Linda Hallberg fazendo vários looks incríveis usando esta cor. Já tenho um look em mente com essa sombra e se ficar legal farei um post.


E para finalizar comprei dois batons roxos, gente batons roxos e vinhos são a minha perdição! O da Avon é na cor Vamp, ainda não usei, mas só de olhar acho que é um excelente dupe para o Cyber da MAC.  O batom da direita é o Pure Heroine, batom que a MAC lançou em colaboração com a cantora Lorde que também deve chegar em breve ao Brasil.

Gente essa s foram as minhas comprinhas, ainda não experimentei nada, somente o push-up liner da Benefit. Assim que eu for usando os produtos faço resenha. 

Bjs e até o próximo post!


terça-feira, 22 de julho de 2014

Resenha: Velvetine Lime Crime cor Wicked



Oi pessoal,

Já tem um tempinho que não posto nada por aqui, mas acontece que passei por um lapso de inspiração e também não havia nenhuma novidade legal para compartilhar com vocês. No entanto, esses dias recebi um produto que estou adorando e usando bastante e por isso resolvi fazer esta resenha. O produto é o velvetine na cor Wicked da Lime Crime.


Os velvetines são batons líquidos da linha regular da Lime Crime, porém recentemente a marca lançou 3 novas cores que fazem parte da coleção Clueless Witch Collection, no qual tinha uma campanha super interessante, que fazia referência ao filme Patricinhas de Beverly Hills. Os 3 novos tons são: Wicked, vinho burgundy, Salem, marrom achocolatado e o Black Velvet, preto bem intenso. Todos possuem o acabamento fosco.


Como já citei acima o valvetine é um batom líquido, que após ser aplicado ele seca e fica com um acabamento completamente mate, parece que você acabou de aplicar uma tinta nos lábios e isso faz com que a duração seja extremamente longa. 
A cor que eu possuo, Wicked, é um vinho avermelhado, cor de sangue, muito lindo! A cor na minha opinião é perfeita para fazer um look meio gothic/vamp. Como amo esse tom, acho que foi a escolha perfeita dentre os três, os outros dois ainda estão na minha wishlist.


Apesar da cor maravilhosa, achei que o produto resseca muito os lábios ao ponto de ser um tanto insuportável, por isso é extremamente importante hidratar bem a boca um tempinho antes de passar o produto. 
Também acho que o aplicador, estilo esponjinha, dificulta um pouco a aplicação. É necessário retirar bem o excesso, pois a esponja vem saturada de produto e você precisa de bem pouco para cobrir todo o lábio.  A verdade é que o velvetine não é uma ótima opção para quem está com pressa é preciso ter cuidado e paciência para não errar o contorno labial. É bom ter em mão cotonetes ou até mesmo aplicar com um pincel de boca.


A vantagem está mesmo na duração, já usei por diversas horas seguidas e não senti que o produto esvaeceu tanto. Tive que reaplicar apenas no centro dos lábios após comer e beber, o que achei ótimo, porque é um produto muito difícil de passar...

O velvetine da lime Crime possui uma fórmula muito parecida com o batom líquido da dailus pro, resenhado aqui e o da Kat Von D. A a diferença é que o da dailus é bem mais cremoso e não tem uma duração tão fantástica quando o da Lime Crime e da Kat Von D.


Enfim, no geral, adorei esse produto, virou um item essencial na minha coleção, preciso somente de um pouquinho de tempo a mais para aplicar, o que também acontece com o batom da Kat Von D e acho que aconteceria com qualquer outro batom líquido.
Comprei pelo site da Lime Crime e paguei 20 dólares, mais o frete. Infelizmente fui taxada, demorou uns 2 meses para chegar.

Ahhh e os lançamentos dos velvetines não param por aqui! A marca irá lançar mais uma cor, camada Utopia, um pink berrante com um fundo bem azulado e é lógico que eu já estou aguardando ansiosamente!


Bjs e até o próximo post.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

DIY: Gargantilha Grunge - Tattoo Choker



Gente eu lembro de ter usado muito essa gargantilha quando criança, lá no auge do dos anos 90! E como a moda é um vai e vem constante, finalmente os 90's retornou, trazendo de volta, principalmente, a era do grunge, que antes de mais nada é um estilo musical, mas que a moda certamente acompanhou.

Recentemente notei que a tattoo choker virou uma febre entre as fashionistas mais direcionadas ao estilo neo-grunge, como está sendo chamado por aí e obviamente como uma fã do estilo decidi que também precisava de choker dessas. No entanto, não consegui encontrar a tal gargantilha em nenhuma lojinha de bijoux da minha cidade, nem online, por isso decidi eu mesmo fazer a minha. Pesquisando no google achei vários tutoriais e não é que deu certo!



Vamos ao material necessário para você fazer a sua choker: 

- É necessário ao menos 2 metros de fio de nylon na sua cor de preferência. Na verdade, este nylon nada mais é do que linha de pesca que também é usado para artesanato. Não tive dificuldade em encontrar, comprei em uma loja que vende miçangas e artigos para bijoux, custou R$4,75 um carretel de 100 metros.
-Você também precisará de uma tesoura, um grampo para papel e um livro ou caderninho que tenha capa dura.


Para a montagem, segui o DIY do blog  Mirukukeki, conforme imagem abaixo, mas também é possível encontrar vários vídeos tutoriais no youtube. 
Imagem retirada do blog: http://mirukukeki.blogspot.com.br/

Segue a tradução do passo a passo:

1. Dobre um pedaço de linha de pesca na metade. Proteja curva com prendedor de papel em um caderno ou livro com capa dura. Utilizei 2 metros para fazer a gargantilha 
2. De uma volta no fio do lado esquerdo e passe o fio do lado direito por dentro. Pegue o fio da direita, de um volta e passe o fio da esquerda por dentro. Repita esses nós até o comprimento desejado;
3. Prenda as extremidades com um nó quadrado. Umedeça as pontas com cola ou esmalte transparente para segurar nó. Alternativamente, coloque um conector para garantir nó. Apare o excesso de corda.

E o resultado foi este:


Algumas considerações:

-Gente não vou enganar vocês, me embananei toda na hora de fazer esses nós e depois de muitas tentativas fracassadas meu namorado, com pena de mim, pegou o fio de nylon e ele mesmo fez a gargantilha YAY!!!!
-Também achamos difícil de emendar as pontas e como não tínhamos nenhuma cola ficamos dando nós nas extremidades até ficarem firmes, por isso o acabamento final da gargantilha não ficou muito bom, mas como tenho cabelo comprido acaba escondendo. Também é possível queimar as pontas com um isqueiro.

Então é isso pessoal, espero que vocês tenham curtido esse DIY! Bjs e até o próximo post!!

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Maquiagem da Semana: Smokey Eyes, inspirado em Rihanna no CFDA Awards



OI gente,

Muito se falou da Rihanna nas últimas semanas devido ao vestido hiper transparente que a cantora usou no tapete vermelho da premiação CFDA, em NY, no entanto o que realmente me chamou atenção foi sua maquiagem! A make é tão linda que serviu de inspiração para o meu look. Claro que não ficou idêntico, minha intenção não era reproduzir fielmente, sempre adapto ao meu gosto e aos produtos que tenho em minha coleção.

Vamos ao look:




 Segui os passos abaixo para fazer este make:

- Apliquei a sombra cremosa da Maybelline, color Tattoo Tough as Taupe, por toda a pálpebra móvel e após esfumei a sombra marrom Brown Script, da MAC, no côncavo;
- Por cima da base, apliquei uma sombra marrom acinzentada, sombra Urban Decay Mushroom;
- No canto externo da pálpebra e também um pouco no côncavo, esfumei uma sombra preta;
- Apliquei um lápis preto na linha d'água, iluminei abaixo da sobrancelha com uma sombra bege e também no canto interno dos olhos
-Apliquei máscara e cílios postiços;
- Na parte inferior dos olhos repeti o mesmo esquema de aplicação de sombras da pálpebra.






Produtos utilizados:

Face:

Base Nars Sheer glow, cor deauville
Corretivo MAC Prolongwear NW20
Pó para assentar o corretivo Bareminerals Well Rrested
Pó MAC MSF Natural Light/plus
Blush MAC Coppertone
Iluminador MAC MSF Soft & Gentle

Olhos:
Base para sombras Maybelline color Tattoo tough as taupe
Sombras Urban Decay Smoked Palette nas cores Kinky, Mushroon e Blackout
Sombra MAC Brown Script
Lápis para olhos Preto Avon
Mascara They're Real Benefit
Cílios postiços Revlon

Lábios:

Lápis para lábios MAC, cor subculture
Batom MAc Flashpot
Gloss Nars Turkish Delight




quarta-feira, 11 de junho de 2014

Look do dia: Disco Pants e Colar Étnico










Blusa: Renner / Calça Disco Pants: Adidas / Colar, Jaqueta e bolsa: Zara / Cut out boots: Santa lolla / Óculos: Ray-ban Aviator.


Sempre quis, desejei a tão famosa Disco Pants da American Apparel, há anos está na minha wishlist, porém nunca comprei, porque acho que ela não vale os R$285,00 cobrados e também por não saber exatamente qual seria o meu tamanho. Acho um saco trocar peças adquiridas em lojas on-line, então se tenho alguma dúvida, prefiro não comprar.

Mas, um dia desses vi uma calça idêntica a disco pants no site da Adidas (link da calça aqui), ela faz parte de uma coleção da cantora Selena Gomes. Nem pensei duas vezes e comprei, além de ser bem mais barata, também não tive problemas na hora de escolher meu número, pois já conheço muito bem as medidas da Adidas. O tecido e caimento se parecem muito com a da original de acordo com as minhas pesquisas na internet, logo acho que fiz um bom negócio!

Apesar do frio que está fazendo aqui na minha cidade, o dia no qual escolhi para fotografar estava com uma temperatura super agradável, então deu para usar essa blusinha cropped da renner que é bem fresquinha. Porém de noite a temperatura cai muito e por isso tive que levar minha jaqueta de couro. Também finalmente consegui montar um look usando meu colar étnico da Zara, que já possuo faz algum tempo! Eu amo esse colar, mas como ele é um acessório que fica muito em evidência, acabo achando difícil de combinar com outras peças que tenho no armário.



Para quem ficou curioso, a câmera da foto acima é a Diana mini da Lomography. Eu e meu namorado amamos fotografias analógicas (sim, ainda existe gente que curte essas coisas)!


Beijos e até o próximo post!