quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Resenha: Lime Crime Velvetine - cor Utopia


Oi pessoal!

É impressão minha ou a palavra "Utopia" se tornou muito recorrente nesse blog?
Enfim, a resenha de hoje é de um batom liquido e estou praticamente sem palavras para descrevê-lo. Sim, este post é um resenha, por isso estou fazendo um esforço mental para tentar superar toda a minha catatonia e explicar o porquê que este batom me deixou assim, tão eufórica! Hipérbole, a gente vê por aqui!


Como já expliquei neste post aqui, os velvetines são batons líquidos e fazem parte da linha regular da Lime Crime, o Utopia é o lançamento mais recente desta linha de batons. 

O Utopia é descrito pela marca como um orquídea vibrante. Ele é um pink berrante com um fundo bem azulado, beirando ao roxo. Sua consistência é líquida, porém em apenas segundos após aplicado nos lábios, o produto seca por completo, deixando um acabamento super fosco. Um coisa interessante é que os velvetines, após secos, aderem tão bem aos lábios que não se movem nem por reza braba, a duração é incrível e só senti que o batom se esvaeceu no centro dos lábios após comer e beber e mesmo assim não fiquei borrada nem nada do tipo, ele meio que deu apenas uma "esfareladinha". Caso você beba alguma coisa e molhe os lábios eles podem transferir um pouco, mas bem pouco.

Meu problema com batons líquidos, no geral é a aplicação, acho muito complicado acertar o contorno lábial, principalmente devido ao aplicador de estilo esponjinha e também por ter uma consistência super aquosa. A Lime Crime não recomenda o uso de uma lápis labial a priori, pois isso pode prejudicar a aderência do batom nos lábios, então talvez a melhor forma de aplicá-lo seja com um pincel. Por ser extremamente mate, acho que é importante hidratar bastante os lábios antes, para que não deixe a boca com uma aparência ressecada.

Fora este detalhes da aplicação, eu amo os velvetines! O Utopia é simplesmente lindo e achei que combinou muito comigo. Não quero mais saber de outro batom para este verão! Ah, os velvetines são 100% veganos e custam US$20.00. A loja virtual da Lime Crime entrega no Brasil.


Para não perder o costume, resolvi comparar o Utopia com outro batom de minha coleção, o Flat Out Fabulous da MAC. Eles não possuem a mesma textura, mas achei que as cores poderiam ser bem próximas. 

Vamos aos swatches:

Tanto o Utopia quanto Flat Out Fabulous possuem o acabamento mate, porém suas texturas são distintas. Achei que realmente os dois poderiam ter, ao menos, as cores parecidas, pois ambos são rosas de fundo azulado, no entanto é perceptível que o tom do Utopia é muito mais vivo e frio. Já o Flat Out Fabulous, que também possui esse subtom frio é certamente bem mais magenta.  Eles realmente não são primos, mas são definitivamente lindos!!

Na semana passada a Lime Crime anunciou mais um lançamento de um velvetine, chamado Pansy, um roxo bem intenso. Quando vi a cor, logo me lembrei do Heroine da MAC, achei bem parecidos.

E aí pessoal, vocês já experimentaram algum velvetine da Lime Crime? Se já me digam nos comentários o que acharam! Um beijão e até o próximo post!

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Maquiagem da Semana: Dark Utopia Makeup Look

Olá pessoal!!

Não me importo mesmo se estamos na primavera e quase verão, eu sou completamente apaixonada por batons vinhos e roxos. Gosto memso de um look bem dark e vamp, como obviamente vocês já notaram. Para criar a maquiagem, que compartilho hoje, utilizei dois produtos que tenho amado recentemente: o pigmento Utopia da Makeup Geek, que já resenhei neste post aqui e o meu novo batom da Kat Von D, Studded Kiss na cor Homegirl, em breve faço resenha para vocês. Eu sei, tenho mil batons vinhos e todos possuem tons praticamente iguais, mas eu sou uma lipstick junkie fazer  o quê....

Esta maquiagem é a mesma que usei no último look do dia, especial de halloween, mas infelizmente não era possível ver os detalhes, pois as fotos eram em preto e branco.

Enfim, vamos ao look:



Para fazer a maquiagem dos olhos, segui os passos abaixo:

- Após aplicar uma sombra cremosa como base, esfumei a sombra marrom bem clara, de fundo quente, chamada Kid da MAC, no côncavo.
- Posteriormente, apliquei uma sombra marrom bem alaranjada, chamada Brown Script, também da da MAC, no canto interno da pálpebra e também no canto externo, deixando o meio sem sombra alguma, a ideia é fazer um "sanduíche" de sombras.
- Defini ainda mais o canto interno e externo da pálpebra com uma sombra vinho (Sketch da MAC) e para dar uma escurecida também utilizei um pouco de sombra preta (carbon da MAC).
- No meio da pálpebra, que estava sem sombra alguma, apliquei com um pincél molhado, o pigmento em cor de outro velho chamado Utopia, da marca Makeup Geek.
- Delineei a pálpebra com o delineador em gel preto da Inglot.
- Apliquei um lápis preto linha d'água, iluminei abaixo da sobrancelha e também no canto interno dos olhos com uma sombra perolada.
- Apliquei máscara e cílios postiços;
- Na parte inferior dos cílios repeti o mesmo esquema de aplicação de sombras da pálpebra.

Face:

Base HD Make Up Forever cor #120
Corretivo MAC Prolongwear NW20
Pó para assentar o corretivo Bareminerals Well Rrested
Pó Compacto Light Reflecting Setting Powder da Nars
Blush MAC Sea Me Hear Me
Iluminador MAC MSF Soft and Gentle
Bronzer Benefit Hoola

Olhos:

Base para sombras MAC Paint Pot Soft Ocre
Sombras MAC, cores: Kid, Brown Script, Scketch, Carbon e Shroom
Pigmento Makeup Geek cor Utopia
Lápis para olhos preto Pervesion Urban Decay
Delineador em Gel Inglot, #77
Mascara They're Real Benefit
Cílios postiços Revlon

Lábios:

Batom Kat Von D Studded Kiss cor Homegirl



quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Look do Dia Especial Halloween: It's Always a Nightmare, it's Never a Dream


Oi pessoal!

Uhhul amanhã é halloween!! E assim sendo, decidi postar um look para celebrar do dia das bruxas!
Certamente a minha maior inspiração foi a personagem Vandinha da família Addams, adoro o filme! Mas ao mesmo tempo queria que o look tivesse uma vibe de fotos e filmes antigos, do começo do século XX, por isso a edição em sépia. 
Apesar de ser um look temático, quis fugir um pouco da obviedade de uma fantasia e por isso misturei algumas peças que já possuía em meu guarda-roupa.
Enfim, acho que usaria esta composição normalmente e em qualquer época do ano, pois adorei o resultado final! O Maior problema é enfrentar os olhos tortos da rua e se deparar com freiras se benzendo ao ver você passar, acreditem, isto aconteceu comigo!

Enfim, espero que gostem do look! 




Vestido: Renner / Kimono: Forever 21 / Bota: Zara / Bolsa: Marisa / Chapéu: Miniminou 


Mesmo não gostando nenhum pouco de vestidos, este era um item necessário e inevitável para compor o look e para quebrar um pouco de sua feminilidade e dar um ar mais "pesado", usei por cima um Kimono preto. As mangas estilo "sino", compactuaram perfeitamente para deixar o look ainda mais gótico e dark. 
Para completar o outfit eram indispensáveis alguns acessórios: usei uma bolsa que possui dedais de pedras e caveiras, alguns anéis e o meu chapéu, que adoro, da  loja miniminou. A bota é da Zara, comprei recentemente e já é um dos meus sapatos prediletos, o problema é que por mais que eu tente não consigo andar corretamente de salto, um dia ainda quebro o tornozelo.

E aí, vocês estão animados halloween? bjs e até o próximo post!

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

MAC The Matte Lip: Batons Styled in Sepia e Living Legend

Oi pessoal,


Definitivamente batom é meu item favorito de maquiagens! A cada lançamento de um novo produto quase tenho um ataque cardíaco de tanta emoção!! E quando a MAC anunciou a coleção The Matte Lip eu nem precisei ver a tabela de cores para saber que provavelmente uns 3 batons da coleção necessitaria para viver.

Essa coleção chegou ao Brasil no dia 9 de outubro e era composta de 8 cores de batons e 6 cores delineadores para lábios. Eu comprei 3 batons, 2 pelo site da MAC e 1 que encomendei com a minha amiga Jana que vende produtos vindos diretamente dos E.U.A. Hoje farei resenha dos batons que adquiri aqui no Brasil mesmo, o Styled in Sepia e o Living Legend:



Styled in Sepia: sua cor é de cimento bege sujo, segundo a própria marca, seu tom é realmente um pouco peculiar, em minha opinião, ele é um marrom bem acizentado. Possui um acabamento mate, mas ainda assim é cremoso, permitindo que este batom seja fácil de aplicar, além de ser muito confortável de se usar. Possui uma ótima duração, não cheguei a contar as horas que usei, mas creio que passou de umas 5 antes que eu pudesse notar que a cor se esvaiu um pouco. Certamente seu tom é um tanto estranho, mas como eu gosto de tudo que parece um pouco anormal, obviamente eu amei! Acho que combina muito com o outono/inverno.

Living Legend: é uma Borgonha bem escuro, possui um acabamento fosco, porém levemente acetinado. Apesar de ser descrito como matte, a sua formula é um tanto cremosa e bem mais fácil de aplicar que os batons mattes da linha regular da MAC e incrivelmente menos seco que os batons Retro Matte. A cor é muito pigmenta, porém senti que é  necessário passar algumas camadas para que  a cor ficar totalmente opaca.  A duração também é muito boa, acho que ficou intacto nos meu lábios por cerca de 6-7 horas, não senti a necessidade de reaplicar após comer e beber. Acho ideal com batons escuros aplicar um lápis labial do mesmo tom, com esta cor o lápis que mais combina é o Nightmoth, também da MAC.



Como sempre resolvi, comparar os batons com outros que já possuía em minha coleção:

Da esquerda para direita: Velvet Teddy, Styled in Sepia, Living Legend, Talk That Talk e Media

Como é perceptível nas fotos, o Styled in Sepia e o Velvet Teddy, apesar de puxarem para esse tom de marrom médio, possuem um subtom bem diferente. o Styled in Sepia é bem mais frio, meio cinza mesmo, enquanto o  Velvet teddy possui um tom bem mais quente e rosado.

O living a Legend se parece muito com o batom da coleção da Rirri Loves MAC, Talk That Talk, porém é possível notar que o "TTT" por ser da linha Retro Matte é terrivelmente seco e difícil de aplicar, ao ponto da cor quase não transferir. O Media também é muito parecido com o Living a legend, a diferença é que o Media é levemente mais vermelho e um pouco mais claro, além do acabamento ser satin e por isso mais cremoso. 

Como já disse em um post anterior, claramente a MAC aprimorou a fórmula de seus batons Mattes, eles parecem bem mais cremosos e definitivamente mais fáceis de aplicar. O acabamento fica muito mais homogêneo e não ressalta tanto as áreas ressecadas dos lábios. É uma evolução minha gente e acho que com certeza muitos clientes aprovarão!

Bjs e até o próximo post!



quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Maquiagem de Halloween: Starving Victorian Vampire Lady



Oi  pessoal,

Oi gente o halloween está chegando e obviamente não poderia faltar uma maquiagem por aqui. Vampiros são os seres sobrenaturais que mais curto.  A temática muito me intriga e acabou se tornando meu objeto de estudo.
Para fazer esta maquiagem, me inspirei em diversas obras literárias, como também séries televisivas. Queria que a minha personagem tivesse uma aparência infectada tal qual os vampiros da última temporada de True Blood e também assimilei um pouco da aparência dos vampiros da séria Vampire Diaries. 
No entanto, a minha vampira deveria ser vitoriana, pois esta é a era histórica que mais me atrai, além de ser no século XIX que a literatura gótica de terror lançaria seus primeiros contos vampirescos, sendo o mais famosos e também o meu favorito "Drácula" de Bram Stoker. 
Drácula foi uma obra tão importante e de tamanha difusão na cultura popular que se tornou inspiração e um ponto de referência para vários autores modernos. A autora contemporânea com mais notoriedade no assunto e a minha escritora favorita e suprema é a Anne Rice. Quem não conhece "Entrevista com o Vampiro"?

Mas enfim, o que importa mesmo é a maquiagem, então segue o look:





-Fazer esta maquiagem foi bem simples, apenas fiz uma mistura de sombras roxas, cinzas e vinho para dar essa aparência doentia aos olhos. Também fiz um linha bem precisa no canto interno, abaixo dos cílios inferiores, para dar um efeito um pouco diferente das maquiagens tradicionais;

-No rosto utilizei uma mistura de duas bases em creme, uma branca e outra em um tom mais claro que o meu, pois a intenção é que a pele fique bem clara mas não totalmente branca como a de um palhaço. Também peguei pesado no contorno facial; 

- Nos lábios apliquei também a mistura de bases e colori somente os centro dos lábios com um lápis e um batom roxo;

- As veias no rosto e pescoço fiz utilizando um pincél de delineador, que possui a ponta bem fina e uma sombra roxa;

-As presas eu comprei ano passado no Ebay, acho que é a parte da fantasia mais difícil de se encontrar, infelizmente não sei indicar uma lojinha nacional que venda um produto similar;

-Para o sangue falso utilizei uma mistura de glucose de milho com anilina comestível vermelha e um pouco de azul.

Produtos utilizados:

Rosto:

Paleta de bases e corretivos com 20 cores.
Pó translúcido MAC preep + prime
Blush NYX cor taupe para contorno

Olhos:
Sombras MAC: Deep Dansom, Copperplate e Indian Ink
Lápis labial MAC Nightmoth
Mascara de cílios benefit They're Real
Cílios postiços ardell

Lábios:
Lápis labial MAC Nightmoth e soft matte lip cream NYX na cor copenhagen



Espero que vocês tenham gostado da maquiagem e me contem nos ocmentários qual será o personagens que vocês gostariam  de se fantasiar neste halloween.

Bjs  e até o próximo post!


quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Resenha: Makeup Geek Utopia & Insomnia Pigments


Hoje tem mais um review aqui no blog, dessa vez dos pigmentos da Makeup Geek.
A Guru de beleza, Marlena Stell,  fundadora da marca Makeup Geek, ficou muito conhecida devido aos seus vídeos de maquiagens no youtube e em 2011 decidiu lançar sua própria linha de cosméticos com o mesmo nome do seu canal e blog.
A marca ficou famosa entre as blogueiras, principalmente pela enorme gama de sombras com um preço bem acessível e também por muitas terem tons idênticos às sombras da MAC. 

Eu adquiri em minha primeira compra , através loja virtual, dois pigmentos, que são os produtos que mais me chamam a atenção de toda a linha da mekeup geek, os pigmentos são o Utopia e o Insomnia.



Utopia: é um pigmento de fundo dourado/marrom com brilhos na cor de dourado antigo. O pigmento é super macio e quando aplicado por cima de uma boa base de sombras ou com o pincel molhado, a cor fica bem intensa, metálica e brilhante. A cor além de ser maravilhosa é um dupe para o glitter da MAC Antiqued Gold. Esse pigmento foi um dos primeiros lançamentos da marca e acredito que já passou por modificações, pois sua fórmula atual parece estar muito diferente dos primeiros swatches e reviews do produto, na época de seu lançamento. Nas primeiras resenhas postadas em blogs, o Utopia possuía uma textura super espessa, com as partículas enormes de brilhos e pouca aderência na pálpebra. No entanto, o pigmento comercializado hoje em dia , está com uma textura extremamente fina, que desliza facilmente pela pálpebra durante a aplicação.

Insomnia: este pigmento possui um efeito conhecido como duochrome, ou seja reflete dois tons diferentes, neste caso verde azulado e marrom. Segundo a própria criadora Marlena, o Insomnia é um dupe perfeito do pigmento da MAC Blue Brown, que infelizmente eu não possuo para compará-lo. Possuo somente a sombra, também da MAC, na cor Club que também possui esta característica duochrome, nas mesmas cores, porém infelizmente esqueci de fazer a comparação.
O Insomnia assim como o Utopia, possui uma textura super fina, macia e é possível esfumar facilmente. Também senti que a cor fica mais intensa quando aplicada com um pincel molhado e ou por cima de uma base escura. Conforme se esfuma as bordas da sombra, o tom marron, meio enferrujado, se intensifica bastante, dando a impressão que duas sombras distintas foram aplicadas na pálpebra. É uma cor muito interessante e realmente linda que vale ter na coleção. Eu acho que a club é um bom substituto, mesmo não tendo um acabamento tão metálico quanto o Insomnia, porém a ideia do duochrome é a mesma.



Meu único problema com estes pigmentos são as embalagens. Como é possível notar pelas imagens, o Insominia não contém nenhum tipo de tampinha extra para a contenção do pó, desta forma o produto voa para todas as direções assim que você começa a girar a tampa. O Utopia até possui uma contenção plástica, porém em um modelo que não é um dos meus favoritos, prefiro aqueles que possuem vários furinhos.

Abaixo seguem os swatches que fiz no braço do pigmentos apenas com uma base de sombra e o pincel molhado e também por cima de uma base preta, feita com o paintpot Background da MAC. Por cima da base preta é possível notar que a cor dos pigmentos se intensifica bastante, além de deixá-los mais uniformes.
Utopia e Insomnia

Utopia e Insomnia sobre um fundo preto

Cada pigmento possui 1,4 gramas, que na minha opinião é uma quantidade considerável, dá para usar uma infinidade de vezes. O preço é de 6,99 dólares por cada produto e a loja virtual da marca envia para o Brasil por um frete bem barato, paguei também cerca de 6,99 dólares. O único problema que que praticamente todos os produtos enviados dos E.U.A estão sendo taxados.

Termino por aqui o post, caso tenham alguma dúvida sobre os pigmentos ou sobre a marca deixem nos comentários!! 

Bjs e até a próxima!

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Resenha: Batons Coleção Kelly Osbourne - Dodgy Girl e Kelly Yum Yum



Olá pessoal,

Mostrei há algum tempo, em um post de comprinhas, dois batons que comprei da coleção da Kelly Osbourne em parceria com a MAC. A pedido da querida Natasha, do blog Cereja no Topo, decidi fazer uma resenha desses batons para vocês.

A coleção na verdade é um duo entre Kelly e sua mãe Sharon Osbourne e foi lançada na gringa no começo de julho. Para quem não sabe, Sharon é esposa e Kelly filha da lenda viva do Rock, o vocalista de umas das primeiras bandas de Heavy Metal, Ozzy Osbourne. A família  também é uma das precursoras dos realitys show de celebridades, "The Osbournes", exibido pela MTV de 2002 a 2005.

As duas coleções continham uma infinidade de produtos, no entanto eu adquiri somente dois batons: o Dodgy Girl e o Kelly Yum Yum.


Dodgy Girl: É um lilás rosado, com acabamento matte. Apesar do acabamento matte, a fórmula é bem cremosa e possui um leve brilho acetinado. Ao contrário dos batons mattes da linha regular da MAC, o dodgy girl é bem fácil de aplicar e não deixa os lábios ressecados. A cor é bem opaca e durou por umas 6 horas. A cor sai após comer e beber, porém deixa os lábios um pouco manchados, tipo um "stain". Não sei se é impressão minha, mas acho que a MAC vem melhorando bastante a textura dos seus batons foscos, pois tenho notado que seus últimos lançamentos, os batons mattes estão mais macios, facilitando a aplicação e também não deixam os lábios tão ressecados quanto os tradicionais da marca.

Kelly Yum Yum: É um rosa fúcsia, bem vívido, com acabamento acetinado. Achei a fórmula bem cremosa e deixa um leve brilho nos lábios. O batom por ser um satin é super fácil de aplicar e após algumas passadas a cor fica totalmente opaca. A cor dura bastante também, cerca de umas seis horas e, assim como o Dodge Girl, deixou os lábios bem manchados. É necessário um demaquilante bifásico para retirá-lo completamente. O Kelly Yum Yum, foi claramente inspirado no já clássico Candy Yum Yum e ainda neste post fiz uma comparação entre os dois.

Gente, eu adorei as cores destes batons! Fora que a embalagem também é linda, são itens para colecionar mesmo!


Da esquerda para direita: Up the Amp, Nick Minaj 2, Dodgy Girl, Kelly Yum Yum e Candy Yum Yum
Decidi comparar os batons da Kelly com outros aqui da minha coleção e percebi que o único que se aproxima mais do Dodgy Girl é o Up the Amp, também da MAC. Porém ele é um tanto mais escuro, eu diria mais roxo, além  de possuir um tom mais quente. O batom da Nick Minaj é um lavanda pálido, bem mais claro e também mais azulado que o Dodgy Girl.

Já o Kelly Yum Yum é comparável ao seu predecessor Candy Yum Yum, no entanto seu subtom é mais quente. O Candy Yum Yum, possui um  subtom mais azulado, sua cor é mais aberta e vibrante, além de ter uma textura mais seca e acabamento matte.

Up the Amp, Nick Minaj 2, Dodgy Girl, Kelly Yum Yum e Candy Yum Yum
A coleção da Kelly e da Sharon já foi lancada no e-commerce da MAC, no entanto os batons citados aqui já estão esgotados. Creio que será possível encontrar a coleção em uma loja física da MAC e também espero que seja lançada em breve no site da Sephora.

Beijos e até o próximo post!


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Black Lips Makeup Look


Olá pessoal,

É perceptível que eu tenho um estilo um pouco peculiar, sei lá, talvez eu diria mais "dark", no entanto sei que nem todos leitores aqui do blog compartilham do mesmo estilo que o meu. Sendo assim, ou mesmo assim, quis postar uma maquiagem  usando um batom preto, na verdade para desmitificar um pouco da cor. 
Acho que é possível usar batom preto e ainda ter um look sofisticado e usável, sem parecer super gótica ou que você acabou de sair de uma festa trash de holloween. Fora, que o batom preto segue firme e forte há algum tempo como tendência, sempre aparece em campanhas de moda, revistas e desfiles,  até mesmo a  cantora Rihanna já usou.  

Para que o look ficasse mais feminino e elegante, quis pegar um pouco mais leve nos olhos, o que logicamente não foi possível. Ao menos, escolhi cores mais usáveis e românticas, como rosa e vinho. Apesar do delineado estar mais dramático, optei por um lápis nude na linha d'água, que em minha opinião deixou o look mais suave. Também apliquei iluminador e um blush sutíl, que são itens essenciais para deixar o look mais harmônico.

Mas vos digo,  usar batom preto demanda muita coragem e uma extrema auto confiança, pois por ser um look mais vanguardista, atrai muitos olhares tortos. Eu acho ideal usá-lo em eventos noturnos, baladas e etc.

Mas, se você não quer mesmo chamar muita atenção, porém gosta de um batom escuro e um look mais intenso, eu sugiro substituir o batom preto por um vinho ou roxo bem escuro, que transmitem a mesma ideia, porém com mais sutileza.

 

Para fazer a maquiagem dos olhos, segui os passos abaixo:

- Após aplicar uma sombra cremosa como base, esfumei a sombra marrom de fundo mais rosado, chamada Nooner, da paleta Naked 3, no côncavo.
- Posteriormente, apliquei uma sombra rosa metálica, chamada Buzz, também da Naked 3, em toda pálpebra móvel.
- Defini bastante o côncavo com a sombra Blackheart, que é um vinho vem escuro com brilhos, fazendo uma linha bem precisa com um pincel estilo lápis e depois esfumei a linha.
- Delineei a pálpebra com o delineador em gel preto da Inglot.
- Apliquei um lápis nude na linha d'água, iluminei abaixo da sobrancelha e também no canto interno dos olhos com a sombra Strange
- Apliquei máscara e cílios postiços;
- Na parte inferior dos cílios repeti o mesmo esquema de aplicação de sombras da pálpebra.

Produtos utilizados:

Face:

Base HD Make Up Forever cor #120
Corretivo MAC Prolongwear NW20
Pó para assentar o corretivo Bareminerals Well Rrested
Pó MAC MSF Natural Light/plus
Blush NARS Goulue
Iluminador MAC MSF Soft and Gentle

Olhos:

Base para sombras MAC Paint Pot Soft Ocre
Sombras Paleta Naked 3 Urban Decay: Nooner, Buzz, Blackheart e Dust
Lápis para olhos nude MAC Chromagraphic Pencil NC15/NW20
Delineador em Gel Inglot, #77
Mascara They're Real Benefit
Cílios postiços Red Cherry #217

Lábios:

Lápis para olhos Preto Avon
Batom Preto nº 25 Vult




Enfim, espero que vocês tenham gostado desta maquiagem, vocês acham que fiquei muito vampiresca? Se estiverem afim de ver algum outro look por aqui deixem as sugestões nos comentários! Beijos!