quinta-feira, 26 de março de 2015

Look do Dia: How You Like Meow?



Oi pessoal!!!

Mais um outfit of the day! Eu realmente adoro blogs só de looks e tenho vontade de introduzir mais frequentemente a temática fashion por aqui, o que acham?



Quando eu e meu namorado decidimos tirar estas fotos o dia estava maravilho, o que realmente me empolgou e por isso decidi usar uma das minhas peças favoritas, que é esta tee da marca estadunidense UNIF, se eu pudesse teria todas as roupas dessa marca. A UNIF é uma empresa que fabrica roupas com um estilo mais alternativo e chamam bastante atenção pela temática das estampas de suas camisetas, que sempre trazem uma mensagem irônica. Para muitos, as estampas chegam a ser bem ofensivas, uma vez que a marca não poupa a religião cristã e abusa de símbolos que remetem à teorias conspiratórias.

Mas enfim, voltando o foco ao look, a peça chave com certeza é a blusa, que combinei com a minha calça estilo Disco Pants da Adidas e meu creeper, que recentemente se tornou meu sapato favorito! Para completar, usei o chapéu coco e os óculos redondo que vocês também já estão casados de ver por aqui, mas eu não o consigo parar de usá-los, acho que combinam com tudo que eu possuo no armário! 

Para finalizar, queria apenas expressar minha frustração com o fim do verão! Já faz uns 15 dias que o sol não aprece de forma decente por aqui, na maioria dos dias tenho que conviver com chuva e nevoeiro. Como comentei no meu ultimo ootd, eu adoro o verão e já estou me sentindo meio depressiva... 


Blusa: UNIF / Calça Disco Pants: Adidas / Creeper: Asos / Bolsa: Renner / Óculos: Fiveblu / Chapéu: Aliexpress

 Espero que vocês tenham gostado do look.  bjs e até o próximo post!




quinta-feira, 19 de março de 2015

Tutorial: Delineado Gatinho em 5 Passos!



Oi pessoal!

Eu considero o delineado um dos efeitos mais bonitos de uma maquiagem, sem contar que ele também pode ser considerado umas das tendências de beleza mais clássicas da história. Como vocês já devem saber, foi na década de 50 que o famoso "cat eyeliner" surgiu e era usado por várias celebridades Hollywoodianas da época. Porém se popularizou bastante nos anos 60, principalmente com as modelos Twiggy e Peggy Moffitt, que usavam um traçado mais gráfico, espesso e dramático. Nos anos 70 ele deu uma sumida, mas retornou nos anos 80 misturado aos tons neons e coloridos usados nas maquiagens da época. Atualmente, este tipo de delineado está presente em praticamente 90% das makes que encontramos pela internet.

Eu sou completamente obcecada por makes que dão ênfase a um delineador super bem feito e foi devido à minha ânsia em aprender a fazê-lo, que comecei a me interessar muito por maquiagens mais elaboradas. Sendo assim, decidi fazer um tutorial para você de como obter um delineado gatinho perfeito em poucos passos. Confiram:






1- Começo fazendo uma pequena linha, um pouco na diagonal, seguindo o final da minha linha d'água inferior em direção ao final de minha sobrancelha. Para fazer os traços utilizo um pincel bem fino próprio para delinear os olhos;

2-  Faço um outro traço, a partir do final da linha feita anteriormente, até atingir a minha pálpebra superior, a ideia aqui é fazer um triângulo deitado. Se não ficar perfeito de primeira não há problema, é possível consertar o formato com um pouco de base ou corretivo;

3- Faço um traço o mais preciso possível, percorrendo toda a extensão da pálpebra móvel até alcançar o triângulo feito antes. Como é possível notar na foto, prefiro fazer a linha um pouco acima da base dos cílios superiores, desta forma já consigo demarcar o limite do meu delineado. Também ressalto que o traça deve começar bem fino, na parte interna dos olhos e ir engrossando progressivamente.

4- finalmente preencho as lacunas deixadas pelos traços e aproveito para corrigir alguma falha e acertar o formato;

5- Para aperfeiçoar ainda mais o delineado, utilizo um pouco de corretivo com um pincel chanfrado pequeno e fino. Desta forma é possível limpar qualquer errinho e deixar o formato ainda mais definido;

6- Este é o resultado final!



Observações: 

-Para este tutorial eu utilizei um delineador em gel, mas esta técnica serve para todos os tipos de delineadores, tanto os líquidos quantos os de canetinha.

-Sobre o formato do delineado, o traçado da pálpebra até o encontro com o puxadinho/asinha, deverá ficar no feitio correto quando se está de olhos abertos. Ao fecharmos os olhos nossa pele acaba se movimentando muito e isso, logicamente, altera um pouco a configuração do delineado, fazendo com que as linhas pareçam meio tortas. Por isso, foquem no formato quando estiverem com os olhos abertos, afinal ninguém sai na rua com os olhos fechados, não é mesmo? 

-Cada pessoa possui uma feição, por isso a forma de fazer o delineado deverá ser adaptada. Eu possuo olhos bem gordinhos, com excesso de pele na pálpebra e este tipo de técnica funciona perfeitamente para mim. Então, acho necessário treinar um pouco até encontrar um jeito de adequar este método que utilizei, ao seu biotipo.

-Eu prefiro fazer a linha percorrendo toda extensão pálpebra, no entanto isto pode diminuir um pouco a dimensão do olhar. Sendo assim, quem possui olhos bem pequenos pode começar a fazer o traçado a partir do meio da pálpebra em diante.



Produtos utilizados:

Delineador em Gel Inglot AMC #77
Pincel de delinear nº 210 da MAC
Pincel chanfrado Sigma


quarta-feira, 11 de março de 2015

Look do Dia: Last Days of Summer




Ahh infelizmente o verão está indo embora! Gente eu amo o verão, apesar de gostar muito mais de me vestir e montar looks de inverno, definitivamente sou apaixonada pelo calor, pelo clima de verão! Os dias são mais longos, mais interessantes e a chuva é refrescante. Tudo bem que aqui onde eu moro o verão não é lá assim tão quente, na verdade é na medida certa. 
O único ponto ruim desta estação, para mim, são aquelas chuvas torrenciais, que muitas vezes geram enchentes e outros desastres naturais terríveis aqui em Petrópolis. Porém, mesmo com todos os problemas ocasionados pela estação, não consigo deixar de apreciá-la, só de lembrar que já estou tendo que usar jaquetinhas e blusas de manga comprida me dá um desanimo mór. Vocês não tem noção como essa cidade poder ser fria no outono/inverno, isso realmente me entristece.

No dia que tirei essas fotos o clima estava perfeito, nada de calor extremo, mas fiquei com medo de fazer um friosinho no fim do dia, por isso resgatei minha jaqueta da OASAP do armário. Acho que não usava esta jaqueta desde dezembro, quando fotografei esse look aqui, em dezembro. Enfim achei que o look ficou bem basiquinho, combinei uma sainha xadrez de neoprene da zara, uma blusa do Led Zeppelin , que comprei na Sheinside (sim eu só uso blusas de banda) e o meu coturno véio de guerra, também da Zara. Para mim, as peças centrais deste outfit são a bolsa de spikes e rebites que adquiri faz um tempo na Renner e a jaqueta jeans que possui esse detalhe maneiríssinho, também de spikes, nos ombros.

Acredito que este look resume bem a essência desse blog, o que vocês acham?

                        


Um beijo e até o próximo post!


quinta-feira, 5 de março de 2015

Resenha, Polêmicas e Boicote: Lime Crime Velvetines nas cores Pansy, Salem e Cashmere


Oi gente!

O post de hoje é mais um review dos Velvetines da Lime Crime! Provavelmente será o último por um bom tempo, acho que já postei demais sobre a marca aqui no blog. Mas enfim, vamos a resenha dos velvetines nas cores Pansy, Salem e Cashmere.


Já falei um pouco sobre os velvetines aqui no blog, nas resenhas do Wicked e Utopia.  Eles são batons líquidos que após secarem nos lábios, deixam um acabamento completamente mate, além de possuírem uma longa duração. O salem foi lançado no começo de 2014, junto com outros velventines que faziam parte da coleção Clueless Witch, no entanto o Pansy e o Cashmeres são os lançamentos mais recentes. Abaixo seguem as descrições das cores:

Salem: marrom chocolate fosco;

Pansy: roxo intenso aveludado;

Cashmere: partes iguais de cinza e bege, chamado pela marca de greige.


Eu realmente amo a textura dos velvetines, eles são meus batons favoritos, pois além de possuírem uma cor bem intensa e opaca, a duração também é incrível. A cor se esvaece geralmente no centro dos lábios, porém somente após as refeições, fora isso o batom perdura por horas!!

No entanto, mesmo o conceito sendo o mesmo a para todos os velvtines, notei algumas divergências na fórmula das cores aqui citadas. O Salem tem uma cor bem rica mesmo, com apenas uma camada a cor já fica totalmente opaca nos lábios e sem falhas, sua textura é um pouco mais densa, menos líquida. Já o Pansy e o Cashmere são bem mais líquidos/aguadinhos, por isso acho necessário aplicar mais de uma camada para que a cor fique totalmente uniforme, com Pansy é preciso aplicar até umas 4 camadas para ficar realmente sem falhas. Porém, não me importo em ter que aplicar o produto mais de uma vez, gosto de ir construindo aos poucos a cor.

Como já comentado anteriormente, meu problema com os Velvetines se restringe ao aplicador mesmo, acho complicado de aplicar um produto tão líquido com essa esponjinha, sem contar que ela vem completamente saturada de produto, quando  na verdade apenas um pouco de produto é suficiente para cobrir todo o lábio Mas atualmente já estou em adaptando e não recorro mais a um pincel específico para de lábios.





Também, aproveito o post para falar um pouco da controvérsia no qual a Lime Crime está envolta. Já faz um bom tempo que a LM é alvo de críticas pelos consumidores devido a práticas comerciais duvidosas. Começando pelo fato da marca, supostamente,  não ser 100% vegana, como alegado e de revender sombras de outra empresa, que teriam sido reembaladas e etiquetadas com o logo da Lime Crime. Essa questão dos produtos não serem originais foi tão séria que a fundadora Doe Deere há alguns anos postou uma série de vídeos no youtube mostrando como eram produzidas as sombras, o que só gerou mais protestos entre os consumidores e então a LM optou pelo fim da comercialização do tal produto. As controvérsias não param por aí, a marca chegou a ser acusada de racismo e até mesmo da Doe Deere ser nazista!

Para ser sincera, nunca dei muita bola para essas criticas e achava até um pouco exageradas. Porém, este ano o forninho caiu para a Lime Crime, em fevereiro o e-commerce da marca foi hackeado! Devido a alguma falha no sistema de segurança, hackers conseguiram invadir o website e roubaram informações financeiras dos clientes. Muitos alegaram que tiveram suas contas bancárias zeradas! A princípio, o problema do site já foi resolvido, mas a fraude não, os clientes ainda estão tentando reaver o dinheiro com seus bancos e vários decidiram cancelar seus cartões.

Não sei como a marca lidou exatamente com o problema, eu acompanhei um pouco pelo instagram a situação e os comentários gerais eram de boicote à marca. Enfim, são tantos escândalos e dramas relacionados à empresa que decidi não adquirir mais os produtos dela por por um tempinho. Nunca comprei diretamente pelo site e também sempre uso paypal, sendo assim provavelmente não teria meus dados roubados, porém me senti muito sensibilizada com o que aconteceu com os outros compradores. 

Não sei se irei boicotar a empresa, mas irei pesquisar mais um pouco sobre esta questão da fraude e sobre os outros rumores para formar melhor minha opinião. Por hora, irei parar um pouco com a Lime Crime, não deixarei de usar os produtos que tenho, afinal foram super caros, além de serem os meus favoritos dentre toda minha coleção, no entanto não pretendo adquirir novos.

Update: Resolvi me inteirar um pouco mais sobre a fraude que ocorreu com a loja virtual da Lime Crime e acabei descobrindo um dos motivos pelo qual vários clientes decidiram fazer o boicote. Parece que após descobrirem o problema no sistema de segurança e então furto de informações pessoais e a clonagem de cartões, a LM não deu o devido suporte aos consumidores afetados. Os clientes alegam que demoraram muito a ter uma explicação oficial da marca, sem contar os bloqueios e as mensagens excluídas de usuários que reclamaram do acontecido nas redes sociais da companhia. Ao que tudo indica, a Doe Deere não gosta nenhum pouco de receber críticas, ela já chegou a se desentender com várias blogueiras devido a resenhas negativas de seus produtos. 


Para finalmente terminar a resenha, acrescento apenas que amei de verdade esses 3 velvetines, tenho usado bastante o Salem que é super marrom, mas fica realmente bonito nos lábios. Também estou adorando o Cashmere, definitivamente é meu favorito dos 3! Ele tem um tom bem interessante, um nude mais frio, mas que não deixa os lábios super apagados, é possível usá-lo diariamente. O Pansy é o mais vibrante dos 3, mega blaster roxo, de fundo azuladinho. Acho a tonalidade linda e perfeita, entretanto não é  tão fácil assim de usar, ele chama muita, muita atenção! Mas, eu não estou nem aí, uso de dia, de noite e me sinto linda!

Para aqueles que também não pretendem mais comprar os velvetines da Lime Crime, recomendo os batons líquidos das linhas de cosméticos gringas Jeffree Star a Anastasia Beverly Hills, para muitos os batons dessas companhias são melhores do que os da LM.


Enfim, me digam o que acharam da resenha e se já estavam por dentro dos problemas referentes a lime Crime. Bjs e até o próximo post!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Reddish 90's Grunge Smokey Eye Look - Usando a Venus Palette e o Velvetine Cashmere da Lime Crime.


Oi Pessoal, tudo bem com vocês?

Infelizmente na semana passada não teve post, quis aproveitar bem o carnaval para descansar, estava precisando! Mas hoje tem post novo, uhull!!! Fiz um pequeno foto tutorial de uma maquiagem simples, super esfumada, porém com aquela vibe grunge que vocês sabem que eu amo!

Para criar esta make,  utilizei dois novos produtinhos que se tornaram minha obsessão: a paleta Venus e o Velvetine Cashmere, ambos da Lime Crime. Já Tem resenha desta paleta aqui no blog e na próxima semana postarei o review do Cashmere, aguardem!

Este é o meu primeiro tutorial em fotos, espero que vocês gostem!


Para fazer a maquiagem dos olhos segui os passos baixo 

1- Após o primer, apliquei um lápis preto na raíz dos cílios superiores e esfumei pela pálpebra móvel para servir como base para a sombra vermelha;

2- Esfumei no côncavo a sombra laranja Rebirth, que irá servir como uma cor de transição;

3- Apliquei a sombra bordô chamada Muse por toda a pálpebra móvel;

4- Escureci côncavo com a sombra marrom Icon;

5- Delineei e pálpebra superior com uma lápis preto e esfumei;

6- Na parte inferior dos olhos, apliquei um lápis preto na linha d'água e esfumei com as sombras Muse e Icon. Também iluminei abaixo da sobrancelha com a sombra Aura e no canto interno dos olhos com a sombra rosada Shell;

7- Apliquei máscara e cílios postiços.

Se quiserem ver em detalhes as cores das sombras que utilizei nesta maquiagem, acessem a resenha da paleta Venus neste link aqui.




Produtos utilizados:

Face:
Base  Maybelline Superstay, cor Nude
Corretivo Prolongwear NC20 MAC
Pó Rimmel Stay Matte
Pó para assentar o corretivo, well rested Bare Minerals
Bronzer Benefit Holla para o contorno.
Blush MAC Warm Soul
Iluminador MSF Soft and Gentle MAC

Olhos:

MAC Paint Pot na cor Soft Ochre
Lápis Kajal na cor Onyx Stila
Sombras  Rebirth, Muse, Icon, Aura e Shell da paleta Venus da Lime Crime
Lápis preto Avon Mega impact
Rímel The Colossal Maybelline
Cilios postiços Ebay

Lábios:
Lápis labial Whirl MAC
Batom Velvetine na cor Cashmere Lime Crime





E aí pessoal, vocês curtiram essa maquiagem e o tutorial em fotos? Enfim, me digam o que acharam nos comentários! 
Bjs e até o próximo post!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Baggy Mom Jeans, Iron Maiden T-shirt e Tattoo Choker


Olá pessoal!

Hoje tem mais um look do dia!! Um look simples, porém, talvez, um tanto polêmico! Sei que as blusas de banda ainda geram um pouco de discussão na blogsfera, e a mom jeans  então, nem se fala!

Bom, mas eu uso o que eu gosto e espero que vocês curtam também!




T-shirt: Topshop / Calça: Forever 21 / Bolsa: ZARA / Creeper: Asos / Óculos: Dafiti



Gente, pensei que nunca mais na minha vida usaria um jeans baggy. Me lembro muito bem de quando era criança e minha mãe me obrigava constantemente a usar esse modelo de calças, na época eram mais popularmente conhecidas como semi baggy. Eu não curtia muito usá-las, pois mesmo ainda sendo criança, me lembro de achar a modelagem um pouco bizarra e sem sentido, a cintura era alta, o tecido ficava bem largo nas coxas e afunilada no tornozelo, vamos combinar que esse formato não favorece o corpo de ninguém, né? 

Na época eu ainda era muito novinha e preferia roupas que condissessem mais com a minha idade, jeans era um material me limitava um pouco, logo depois eu virei uma fanática por Spice Girls e comecei a usar somente roupas esportivas ao estilo de Melanie C. Porém, entretanto, as calças semi baggy faziam muito sucesso, tanto para homens quanto para mulheres, minha mãe tinha várias no seu armário. Vale lembrar que usar calça baggy, com camiseta, blazer e uma echarpe era look de novela e seriado americano!

Não sei ao certo, mas no começo dos anos 2000 este modelo caiu totalmente em desuso e virou piada. Porém, como a moda não tem se reinventado muito ultimamente,  a vibe dos anos 90 foi resgatada e a calça baggy, agora chamada de Mom Jeans, pois remete aos modelos usados por nossas mães, retornou e novamente se popularizou, quer dizer, somente entre aqueles mais ligados ao mundinho fashion, sair de mom jeans hoje em dia na rua é um belo desafio!

Cá estou, me contradizendo usando um jeans baggy, que encontrei na Forever 21, mas dessa vez estou adorando! Hoje já acho o modelo bem confortável, talvez seja por isso que minha mãe gostava tanto! Decidi combinar a calça com uma t-shirt folgadinha da banda Iron Maiden, o efeito desbotado da blusa e os ragadinhos do jeans, deixaram o look com uma aparência bem casual e grunge. 

Para deixar o look ainda mais rebeldinho, usei meus creepers, modelo de sapatos que também nunca pensei que usaria na minha vida, mas após ver tantos looks lindos da Bruna do Blog Chanel Fake, não resisti e acabei comprando, acho que casou diretinho com o meu estilo! Também não podia faltar minha tattoo choker e alguns acessórios!



As fotos foram feitas pelo meu namorado no Museu Imperiral, aqui em Petrópolis, RJ. Sendo assim, não poderia faltar uma foto minha com a Família Real, pena que a Imperatriz D. Teresa Cristina saiu cortada!

Enfim, me digam o que acharam do look nos comentários, vocês usariam a Mom Jeans? Bjs e até o próximo post!



sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

PROJECT 6 ON 6: Fevereiro de 2015






Como vocês sabem, estou participando do projeto fotográfico chamado 6 on 6, a convite da querida Ana Borges do blog "Preserve suas Raízes". O projeto consiste em postar no dia 06, de cada mês, 6 fotos de um tema previamente escolhido e o tema deste mês foi Vintage!
Espero que ao menos vocês gostem das fotografias deste mês!

Confiram também os outros blogs participantes:
BRILHO DE ALUGUEL: http://www.brilhodealuguel.com/
PRESERVE SUAS RAÍZES: http://preservesuasraizes.blogspot.com.br/







As primeiras 4 fotos foram tiradas na feirinha de antiguidades aqui da minha cidade, Petrópolis, RJ. Essa feirinha é muito incrível e super interessante, há vários itens de decoração, pinturas, acessórios, brinquedos e até roupas! O problema é que nem sempre o preço é convidativo. Fiquei completamente apaixonada pela barraquinha que vende bijoux e outros artigos femininos, todos os itens são realmente vintage, porém super caros! A feira abre aos domingos, das 10 às 16 horas, não deixem de visitá-la se estiverem de viagem marcada para a Serra, vale muito a pena dar uma passadinha por lá!

Na penúltima foto, juntei alguns itens aqui em casa que fazem referência ao vintage, na verdade são itens retrô, mas achei que seria interessante colocá-los aqui também. O livro, que é todo ilustrado, conta a história e origem das primeiras pin-up girls dos anos 40 e 50 e como se tornaram um ícone pop nos dias atuais. Os batons possuem essa embalagem bem luxuosa, também inspiradas na década de 50.
Na última foto reuni um pouco da coleção de câmeras analógicas do meu namorado, a Olympus-Pen e a Zenit, que foram fabricadas nos anos 70 e a Diana Mini que é produzida atualmente, no entanto sua ideia é o resgate do estilo fotográfico de décadas atrás.

Enfim, espero que tenham gostado do post, me digam nos comentário o que acharam das fotos!
Bjs e até o próximo post!