quinta-feira, 28 de abril de 2016

Minha Mudança Capilar: Do Castanho Escuro ao Vermelho + Cuidados e Manutenção da Cor



OI gente!

Demorei muito para me decidir se publicava ou não este post. Achei que não seria um conteúdo realmente relevante, no entanto tive uma resposta muito boa de vocês, algumas pessoas me disseram nos comentários, que gostariam que eu escrevesse um pouco sobre minha mudança capilar.



Como eu disse em um post anterior, sempre sonhei em ter os cabelos vermelhos, com uma tonalidade bem cereja. Pintei meus cabelos por diversas vezes, , no entanto nunca consegui obter o tom que tanto desejava, eu notava apenas um leve brilho avermelhado quando a luz do sol batia. Acabei desistindo e mantive meus cabelos em seu tom natural por muito bom tempo. Cheguei até a clarear as pontas, no estilo ombré hair, mas não curti muito.Meu sonho sempre foi ter um cabelo  do mesmo tom da sereia Ariel.

Mas enfim, a industria da beleza está em constante mudança. Na busca eterna por mais consumidores e um crescimento de mercado, as empresas estão sempre em evoluindo seus produtos e trazendo novidades para seus clientes.

Se antes parecia ser impossível passar do tom castanho escuro para o vermelho, sem descoloração previa, atualmente já não é tão impossível assim. Minha querida prima Débora, que é uma cabeleireira profissional, me convenceu que eu conseguiria ser ruiva sem danificar muito meu cabelo. Claro que o tom não seria tão vibrante quanto eu gostaria, contudo ainda seria um tom de vermelho lindo e bem intenso. Desconfiei muito, mas como eu sabia que estava em boas mãos decidi tentar mais um vez.


Possuo cabelos bem longos e com muito volume, então foram necessários vários tubinhos de tinta.

Para chegar nesse tom, já que o meu cabelo é um castanho bem escuro, a Débora misturou duas tintas da marca Alfaparf Milano, cor "Louro Médio Vermelho intenso" nº 7.66I e o intensificador de vermelhos chamado "Red Booster". Para colorir a raiz, ela utilizou meio tubo de cada tinta misturados com água oxigenada de 30 volumes. Para o comprimento, foi necessário 1 tubo de cada tinta, misturados com água oxigenada de 40 volumes. A água oxigenada utilizada também era da marca Alfaparf.



Após 40 minutos que pareceram uma eternidade, o resultado é este que vocês conferem aqui. Cabe ressaltar, que possuo uma faixa de cabelo naturalmente mais clara, um tom de louro escuro, ao lado direito de minha face. Nesta mecha a cor ficou bem mais vibrante, como vocês podem notar na foto abaixo


Confesso que não sou uma pessoa muito zelosa com os meus cabelos, então meu maior medo em tingi-los era a manutenção que demandaria, para deixá-los sempre hidratados e com a cor viva. 


Entretanto, graças as dicas de minha prima, meus cuidados são extremamente simples! Para manter a cor, aplico uma vez por semana o Tonalizante Moulin Rouge, da Lola Cosméticos. Esse produto é excelente, além de hidratar ele realça muito a tonalidade dos fios, Também utilizo em quase todas as lavagens, a Máscara Reconstrutora de Argan, também da Lola Cosméticos. Não sei dizer exatamente o que essa máscara faz, realmente sou uma leiga em assuntos capilares, porém sinto meus cabelos macios e sedosos. Nem parece que passei tanta química!



Em breve terei que retornar ao salão para pintar a raiz que já está bem crescida. De jeito nenhum que farei isso em casa!

Minha prima Débora Tilio atende no salão Duda Hair aqui em Petrópolis, RJ. Se você estiver de passagem aqui pela cidade e quiser dar um up no seu cabelo, recomendo muito o trabalho dela!

Então é isso gente! Espero que vocês tenham gostado do post! Mil bjs e até a próxima!